Sai Baba, o Guru de Todos!


Tô aqui chorando igual uma boba depois de ver um vídeo sobre o Sai Baba. Nesse vídeo, que bem poderia ser um vídeo promocional de primeiro mundo, ainda mais porque foi feito e produzido por um dos diretores mais renomados de Bollywood, a indústria cinematográfica indiana, com o fim de mostrar os trabalhos sociais de Sai Baba que são realmente extraordinários e revolucionários, mas era um vídeo de “feliz aniversário” para o Swami. Nossa, lindo demais! Eu sempre admirei muito algumas colocações de Sai Baba, e meu único senão para eu mesma me tornar uma “devota” é para a aparente auto-promoção dele. Essas coisas não me atraem muito, prefiro gurus mais discretos como Sri Yukteswar.

Mas ao mesmo tempo, talvez seja importante para a missão dele, esse tipo de coisa, porque nós, os ocidentais, adoramos um “pop-star”, enfim. Talvez se ele fosse um guru como Sri Yukteswar, de vida simples e discreta, não tivesse conseguido que seu projeto educacional (excelente, por sinal!) pelos valores humanos, alcançasse mais de 150 países, como é hoje. Nem teria conseguido realizar obras tão extraordináriamente grandes e abundantes, para uma das populações que era das mais necessitadas do planeta. Ele fundou na Índia, Universidades, Escolas de Música, Hospitais mega-modernos, Centros de Pesquisas de alta tecnologia, tudo absolutamente gratuito e com mega estrutura para atender milhares e milhares de indianos com o que há de melhor nesses setores, e ainda encheu as regiões mais pobres do país com água potável, coisa que não existia para uma população de densidade demográfica muito alta e que vivia na mais humilhante falta de higiene, também por falta de água limpa.

Enfim, digam o que disserem de Sai Baba ser fraude, mostrem quantos vídeos quiserem “desvendando” o que dizem ser truques, o fato incontestável é que antes dele, nenhum guru indiano tinha feito tanto por seu país e trazido tantos benefícios para uma das populações mais necessitada do planeta. Nem Madre Teresa fez tanto por aquele povo. Talvez apenas Gandhi, que trouxe a liberdade do país, abrindo o caminho para obras como a de Sai Baba. Às vezes eu tenho a impressão que lá nas esferas mais elevadas do nosso planeta, onde estão aquelas entidades elevadíssimas que tomam conta da Terra, eles estão fazendo algum trabalho bem importante na Índia. É impressionante, como no último século, nasceram tantas almas iluminadíssimas lá, quase que de uma só vez, como se eles, lá de cima, estivessem vindo para fazer uma espécie de “mutirão de crescimento” para aquele país. Vai ver a premonição de Vivekananda (que por acaso é uma dessas almas elevadas que passaram por lá no último século), da Índia ser o futuro espiritual do planeta, mas somente após melhorar as condições sociais, seja mesmo verdade. É o que está parecendo!

Enfim, assim for, louvado seja Deus por uma gota de lágrima e de sangue dada, para que um dia, essa realidade se concretize!

Eis o vídeo que me fez chorar, com destaque para esse diálogo, do devoto perguntando-lhe como foi possível a obra quase milagrosa da água potável, e ele diz:

– O AMOR tornou possível.

E o devoto perguntou como ele conseguiu o dinheiro. E o Swami respondeu:

– O AMOR é a ‘moeda’ de Deus. É o Amor que faz girar o Universo.

Então o devoto fala das milhares de pessoas que são beneficiadas todos os dias por suas obras, e o que ele diz quando elas perguntam se precisam pagar alguma coisa:

– Já fui muito bem pago com AMOR.

Sem mais palavras…

Anúncios

17 comentários sobre “Sai Baba, o Guru de Todos!

  1. Independete das auto-promoções e mesmo as suposições de farsa, qualquer indivíduo que promova a melhora das pessoas ao seu redor já está dando um grande passo que muitos de nós ainda não conseguimos dar!
    Uma grande lição, Lu!
    Com certeza, também passarei sempre por aqui!

  2. Isso aí! :-) E ele dá um passo realmente grande!!! :-)
    Beijo grande pra ti! Feliz de te ter por aqui! Manda beijo pra sua mãe e irmã!!! :-)

  3. Não existe pior cego do que aquele que não quer enxergar……o que importa não é o que se diz e sim o que faz….as obras de Sai Baba estão manchadas por crimes muito sérios, e nada os justifica……o mesmo que os póliticos fazem rotineiramente.

  4. as obras dos traficantes,dos assasinos e dos pedofilos estao manchadas mas as de sai baba nao.pelos frutos os conhecereis….

  5. Fui apresentado a Sai Baba e gostei dele. É possível que as fraudes sejam montagens, mas Sai Baba parece viver com muito luxo, peço perdão
    se estou enganado. As obras de assistência social promovidas por Baba
    são maravilhosas, meritórias. Dom Helder Cãmara( um grande exemplo de
    amor e trabalho)tambem fez muito pelos pobres do Nordeste brasileiro,
    mas acreditem quem quiser, ele dispunha de uma confortável casa paroquial quando foi Cardeal em Olinda mas optou por morar nos fundos
    da igreja, num quarto pequeno, com mobílias simples. Dom Helder era
    culto,um grande orador,talvez o maior deste país,respondendo sobre a
    opção pela modéstia, respodeu:” Meu exemplo é Jesus”. Abraço a todos
    e muito respeito por Sai Baba, de quem ainda conheço muito pouco mas
    o suficiente para bem qualificá-lo.

  6. Eu já pensei sobre isso, do luxo. Então pensei o seguinte. Imaginamos que na Índia, onde a cultura religiosa é diferente da nossa que é quase totalmente cristã, que os gurus, se assim quizerem, podem dispor de luxo, já que Krishna pregou o desapego e não a pobreza, sendo ele próprio um Rei. Com isso o hindu pode ser rico, desde que não seja apegado ao que tem. Massss então nós vemos Gandhi, por exemplo, indiscutivelmente superior, que não fazia nada de extraordinário, fenomenicamente falando, que não era swami ou um grande yogue cheio de poder e domínio sobre a matéria, mas que no entanto tinha discursos infinitamente superiores em moral que de todos esses, que fez pela Índia mais que qualquer outro, porque lutou sobretudo pela sua dignidade enquanto nação e deu à ela um roteiro de crescimento digno do Mahatma que foi, e que fazia o voto de pobreza igual Francisco de Assis, um dos cristãos mais fervorosos que tivemos. Lendo Gandhi, temos a impressão de estarmos lendo um grande santo cristão, e não um hindu de carteirinha, que buscava seguir à risca o Hinduismo. Acho que aí está a grande diferença… Os grandes conceitos morais e atemporais, estão contidos dentro de toda religião, basta que o devoto tenha “olhos de ver”. Dom Helder seguiu o Cristo como modelo, e Gandhi também, não por intensão como foi o caso de Dom Helder ou Francisco de Assis, mas porque o que Cristo nos trouxe era Universal, Atemporal, não cristão, propriamente dito. Cristo representou Deus, e por isso quem busca Deus e o encontra, segue o Cristo, esteja sob a égide da escritura que for… E é por isso que vemos alguns praticantes de outras religiões, muito mais cristãos que a maioria dos cristãos. Gandhi, Dom Helder e muitos outros *seres-humanos* foram mais cristãos que todos os Papas, por exemplo, pois que não há notícias de Papas que tenham renunciado ao luxo do Vaticano, uma das maiores fortunas da história da Humanidade. O luxo não combina com um planeta em que muitos vivem em miséria, porque fere um dos principais conceitos de fraternidade e igualdade perante Deus, e isso está tanto no Evangelho quanto na Baghavad-Gita – não sei em outras, porque só estudei a fundo essas duas escrituras, mas creio que esses conceitos façam parte de quase todas as grandes religiões. Gandhi dizia que aquele que vive com mais que o necessário para viver com dignidade, está sendo ladrão, porque rouba daquele que tem menos que o necessário para viver com igual dignidade. Se todos são filhos de Deus, todos têm o mesmo e igual direito de usufruir dos bens Paternos, e quando um tem mais que outro, o que tem mais é ladrão. Ele era fantástico! Ainda é, onde estiver! :)
    Sai Baba fez muito e se ganha algo com isso, aí é dele com Deus, mas seja o que ganhe, não exclui o imenso benefício que prestou e presta à Índia e aos mais necessitados. Se ele prefere receber o “salário” agora, em forma de prestígio, luxo e devotos, é problema dele com Deus. Mas o bem foi feito e é louvável.

    Abraços! :)

  7. “o que dizem ser truques”… Então suponho que a Sra. Dona escritora deste comentário acredita mesmo que Sai Bba é mesmo um “deus” que é capaz de fazer aparecer magicamente (ou será q devia dizer divinamente XD) objectos da boca e cinzas das mãos… Porque é que esse “deus” milagreiro não faz milagres como curar pessoas das suas doenças e ferimentos graves em vez de recorrer a hospitais mega-modernos, Centros de Pesquisas de alta tecnologia, isto é, à ciência ateia?…
    Nem Madre Teresa fez tanto por aquele povo? Claro, ela nunca enganou trouxas dizendo ser divina e fazedora de milagres! Sai Baba teria feito ainda mais por esse povo se tivesse gasto com ele a fortuna que usa para a sua vida luxuosa…é problema dele com Deus? Não é antes o problema dos pobres que precisam desesperadamente de dinheiro, Sra. Luciana Luz?
    Porque é que a Sra. Dona escritora desta comentário não menciona que diversos fieis de Sai Baba abandonaram o culto desta, dizendo que ele era um pederasta, isto é, um boiola que queria ter sexo com rapazes, ainda por cima menores de idade? Eses ex-fieis, que viram a verdeira luz, eram esses assediados e abusados, e também os seus pais. (pelos seus frutosos conhecerieis,sr./sra heddylamar…) Agora vão-me dizer que é tudo mentira, uma conspiração de cristãos/ateus intolerantes, bla bla bla…
    Claro,um mundo governado pelas leis da ciência, sem espiritos nem deuses com 6 braços nem com cabeças de elefante, é chato e triste demais,não é? Se os factos estão contra as nossas crenças, para o diabo com os factos… Argumentos são mais importantes com os factos… Se uma pessoa faz discursos bonitos, então é honesta, não é? (toda a gente faz discursos bonitos, especialmente os vigaristas e os hipócritas…)
    Falam muito de coisas espirituais, mas recorrem às tecnologias modernas, pouco espirituais, como a internet não é? Criadas por ateus como Bill Gates e muitos mais…
    Bando de simplórios a viver num mundo de sonhos. Com licença que vou aproveitar a vida etrabalhar em vez de sonhar com paraísos e reencarnações após a morte…

  8. Bom dia, Sr. Skepticaldemocrat

    Tudo que escrevo aqui é fruto do que leio e reflito sobre. Eu costumo tentar não julgar sobre o que não vi e não tenho provas, porque quando falamos, sobretudo denegrimos alguém, apenas pelo que dizem ou não dizem dos outros, estamos sendo levianos. Procuro me ater ao que se pode provar, e antes de escrever esse artigo, eu procurei pesquisar sobre o que havia de concreto contra Sai Baba, e apenas vi que de concreto há apenas acusações, de par com elas, há os fatos à favor, que são as obras que ele construiu. Já li muitas coisas ruins sobre Sai Baba, mas para nenhuma delas encontrei a prova. Se o Sr. me apresentar alguma reportagem de fonte digna e oficial sobre as acusações que o Sr. faz sobre Sai Baba aqui no seu comentário, imediatamente eu retiro essa entrada do ar e faço outra mais justa. Eu verdadeiramente procurei essa reportagem e não encontrei, e foi por tê-la procurado e apenas encontrado apenas acusações sem provas (até Jesus Cristo foi acusado sem provas, ao ponto da crucificação, portanto isso não é novidade entre os grandes missionários, e eu não me deixo levar pelas fofocas à que todas pessoas públicas são vítimas, eventualmente).
    Quanto às suas opiniões pessoais sobre a espiritualidade, é seu direito tê-las e dever dos espiritualistas, respeitá-las. Nós discordamos, mas o importante é que tenhamos fraternidade.
    Quanto à sermos espiritualistas e usarmos a internet ou a tecnologia de um modo geral, até onde posso ver uma coisa não tem nada a ver com a outra. Por que uma pessoa que busca a espiritualidade não pode usufruir da tecnologia? :)
    Em suma, o mundo é muito chato e triste quando usamos as nossas divergências para agredir, ironizar e debochar das opiniões e crenças dos outros seres-humanos que dividem esse mundo conosco. Independente da religão ou até de não ter religião, o mundo só é bonito e prazeroso quando os seres-humanos consequem viver com fraternidade e união, apesar das diferenças de opiniões e crenças. Já ouvi essa verdade de união na diversidade, importantíssima para a paz do mundo externo e interno, nos discursos de muitos mestres e missionários, e também na prática da vida deles, vivida dessa forma, e “por conscidência” a primeira vez que vi essa verdade sendo proferida foi num discurso de Sai Baba. :)
    Quem faz discurso bonito ela pode ser honesta, como também pode ser hipócrita. Isso não somos nós que julgamos, mas a consciência da própria pessoa. À nós cabe refletir se o discurso nos é útil, e se for, usar para nossa melhora, se não for, descartar. Mas se o orador está sendo honesto ou hipócrita, é assunto dele com Deus, não nosso assunto. Assunto nosso é a nossa honestidade ou a nossa hipocrisia, não a dos outros. Na dúvida de sabermos se aquela pessoa é honesta ou não, o mais sensato creio que é não julgarmos ela, e nos limitarmos a analisar se a mensagem que ela manda é útil ou não para nós.

    Esta que lhe escreve e que faz parte do “bando de simplórios”, lhe deixa um abraço e votos de um ótimo dia de trabalho. :)

    Luciana Luz

  9. Acusações sem provas, Sra. Luciana luz? Vai disser isso aos cientistas e ilusionistas que conseguiram imitar na perfeição os truques de baba. Quando pediram para testar os seus “milagres” em sob observação cientifica, o “deus” dos penteados grotescos recusou… Porquê? Provar que é autêntico, e assim ganhar mais seguidores e,logo, “ajudar” mais pessoas não seria mais importante do que armar-se em ofendido com as dúvidas dos cépticos. Conheço muitos casos de tipos que recusaram uma análise rigorosa das suas afirmaçoes ou “poderes” alegando que não tem que provar nada. Todos se revelaram fraudes…
    “Mas se o orador está sendo honesto ou hipócrita, é assunto dele com Deus, não nosso assunto”? Minha sra. já se esqueceu que Sai Baba estás a ganhar uma fortuna há custa de muitos crentes, que ainda por cima obedecem às suas ordens. Tal como incontáveis lideres religiosos e políticos? Perder dinheiro e reger a nossa vida por meio de mentiras é grave demais para dizermos que isso é com o orador e Deus. Também nos afecta… Ou já se esquece de David Koresh, Jim Jones, Ordem do Templo Solar, dos comunistas, dos nazis, dos mullahs islâmicos, etc etc.Tanto sofrimento e morte porque não quiseram julgar esses oradores e julgaram que as suas mensagens eram úteis para eles. Crença cega sem julgamentos criticos tornaram essas pessoas estúpidas e olha o resultado.
    E ainda não provou que Baba é um “deus”. Acredita mesmo que um homem que envelhece é um deus? Porque é que não resuscita os mortos? Muito mais util que um hospital moderno…
    Porque é que ele não usa os seus poderes para viajar sem os seus Jaguar”,”Mercedes” e “BMW” cujo valor poderia ajudar muitos pobres. Minha familia visitou India e a miseria chocou-os apesar de já term visto muitos pobres….
    Provas? E as pessoas que denunciaram os gostos boiolas do “afro”? Vai dizer que foram pagos por alguma conspiração internacional? LOL
    E os videos do youtube que mostram os seus “milagres” devem ser falsificações…
    Nunca viu os documentários Guru Busters, Secret Swam,Seduced By Sai Baba? Poderia dizer-me qual a sua desculpa para não retirar a entrada (afinal claro que não vai cumprir o que disse)? Dizer que são mentiras não é lá muito original. ;) Dizer que são mentirar sem demonstrar é bem infantil, como os crédulos adoram fazer.
    Jesus Cristo foi acusado sem provas? Bem, ele dizia que só havia um Deus e que politeismo está errado e Sai Baba não é hindu? Se calhar é o pai de Jesus? LOL
    E como a sra. não tem provas de que Jesus existiu mesmo ou que não era uma fraude, ou era honesto mas os relatos sobre ele são falsos, a sua comparação com Jesus é mesmo simplória…
    Obrigado por desejar-me um bom trabalho: graças ao meus colegas, patroes e a mimo um jardim histórico é muito bonito e em bom estado. Os palavreado de Sai baba também, mas palavras não se veêm ou se tocam e um jardim sim. Pode visitá-lo: imagina o estado em que estaria se estivessemos a rezar em vez de trabalhar. ;)
    Plavras não impotrtam, acções sim.

  10. Bom dia, Pedro. :)

    Recusar a análise é um direito dele, não é? Enquanto isso continua-se sem provas, e quem pode afirmar que ele está mentindo sem provas? Nem a Justiça da Terra acusa alguém sem provas. Eu prefiro não acusar alguém sem provas. É meu direito, não é? :)

    Continuo achando que, quando alguém discursa hipocritamente, o problema é só dela com Deus. Tenhos as minhas crenças (que por acaso devem ser respeitadas, como a de todos) de que ninguém sofre o que não merece ou necessita. Creio na reencarnação e no que alguns chamam de “karma”. Não creio existir injustiças no Universo, mas um equilíbrio perfeito que nossa pequenez não nos permite vislumbrar, contudo, nossa arrogância nos faz ter a impressão de injustiça, de que tudo que existe é o que podemos ver e saber. Dessa forma, sim, creio firmemente que todos os erros que cometemos, são assuntos nossos com Deus. Nossa consciência é nossa juíza, mas nada e nem ninguém. Vítimas somos apenas de nós mesmos, mesmo porque os papéis de “vítima” e “algoz” se intercalam durante a vida, não é mesmo? É no que creio. Penso que o maior estúpido é aquele que fere o semelhante, e não aquele que é ferido. Se o senhor crê diferente, tem seu direito também. :)

    Quanto ao Sai Baba ser um Deus… Não sei onde o senhor me viu dizendo isso. :) Penso que ele seja humano, como todos, mas que talvez, como poucos, consiga se identificar perfeitamente com Deus. Quem pode saber além dele mesmo? Nossas especulações sobre uma ligação tão íntima de uma pessoa com Deus, só podem mesmo ser isso: especulações. Quem pode saber o que se passa no coração dos outros, sem que ela própria não tenha confessado? O senhor tem o poder de ver o coração das pessoas? Eu não tenho. Como eu poderia afirmar que ele não comunga com Deus? Não tenho esse poder. Só o que posso fazer é dar um voto de confiança até que se prove o contrário. Agora independente dele comungar ou não com Deus como ele diz, é impossível não louvar o trabalho extraordinário que ele fez de ajuda aos mais pobres da Índia, um lugar tão necessitado de amparo. Se ele anda em BMW, também não deixa de dar assistência ímpar em diversos setores de necessidade, inclusive na educação (já leu o projeto educacional dele, que foi implantado em mais de 140 países e é tido com um dos melhores por especialistas em pedagogia do mundo todo?). Diante de outros milionários que andam de BMW e **nada** fazem pelos semelhantes, mas apenas para si mesmos, Sai Baba merece elogios, mesmo andando de BMW também. Se todos os milionários que andam de BMW fizessem pelos pobre do mundo metade do que ele fez para os pobres da Índia, não teríamos mais pobreza no mundo. E o Vaticano que é detentor de uma das maiores fortuna da humanidade (só em obras de arte e relíquias cristãs a fortuna é incalculável)? Madre Teresa quando decidiu dedicar sua vida aos mais pobres da índia, precisou da caridade do sociedade, porque do Vaticano não vinha nada. Isso para mim é pior que o Sai Baba viver numa BMW, porque o Vaticano se sustenta em cima de um homem que nenhum bem terreno, e que pregou a caridade, a humildade, a simplicidade e o desprendimento material. Há séculos eles fazem isso, e que grandes obras humanitárias se vê saindo dos cofres do Vaticano? O que temos são muitas obras comunitárias espalhadas em todo o mundo, que muitas igrejas e conventos fazem sempre com a ajuda *da comunidade*, como a própria Madre Teresa. Aqui no Brasil Irmã Dulce e outros anônimos. Sai Baba tem muuuuuito dinheiro e distribuiu parte desse dinheiro para construir imensos projetos que beneficiam milhares de pessoas todos os dias num dos lugares do Globo mais necessitados de ajuda. Isso não é louvável? O que é louvável então? Ficarmos juntando bens apenas para nosso benefício? Desfrutar de nossas conquistas materiais sem nunca repartir com os outros, ou pensar no sofrimento de quem não tem nem o básico para viver com dignidade? Sinceramente, ele até pode ser um religioso fajuto, mas enquanto benemérito ele é extraordinário! E só isso é prova suficiente de que ele não é um coração mal-intensionado, porque as obras dele *existem*, *beneficiam*, *amparam* e *dão esperança* à milhares de pessoas todos os dias. Se ele fosse comparável aos nazistas como o senhor disse, ele estaria destruindo, não construindo. Sinceramente, eu lamento muitíssimo que o senhor tenha feito esse tipo de comparação, e que não possa ver o bem que ele faz, mas apenas o mal que dizem que ele faz. As obras que ele desenvolveu não são promessas de um religioso fanático, são realidade…

    Pessoalmente eu julgo mais útil um hospital moderno e gratuito para pessoas que vivem aqui na Terra em condições precaríssimas, do que ressuscitamento de mortos. Se ele está na Terra agora, é natural que se preocupe com os que aqui estão e precisam muito de ajuda.

    Não preciso de desculpa alguma para retirar uma entrada no meu próprio blog, só para começar. :) Mantenho porque acho justo. Ponto. Sequer preciso dar satisfações sobre isso, já que o espaço é meu, mas no entanto dei as satisfações por respeito aos que têm o trabalho de vir aqui, ler e comentar favorávelmente ou não, como o senhor fez. Um bom debate é sempre interessante. Se o senhor não gosta do espaço, dos temas propostos e do fato dessa entrada existir, não visite o espaço. Muitos simples. :)

    Com relação à ter ou não provas de que Jesus existiu ou não, eu prefiro me dar ao direito de não comentar. É íntimo, sagrado e particular demais para expor a minha *certeza absoluta e imutável* de que Jesus existiu, existe e está intensamente presente em nossas vidas. Lugares na nossa alma onde não cabem debates, porque são santuários. Sobre isso, nada mais à dizer e espero sinceramente que o senhor respeite. Obrigada. :)

    Outra vez um ótimo dia e trabalho para o senhor. Orar e trabalhar é muito bom! Gandhi diz em seus livros que *tudo* que ele fazia era orando todo o tempo. Recomendo o livro “A roca e o calmo pensar* que ele escreveu. Ele só fala sobre a oração e sua imensa importância em nossa vida. Ele dizia sempre que se não tivesse orado tanto, não teria conseguido realizar seu trabalho com tantos resultados bons. Concordo plenamente com Gandhi. Não precisamos abandonar a oração só porque trabalhamos, muito pelo contrário, com a ajuda da oração, nosso trabalho fica muito melhor e mais útil, se nossa intensão é também ser útil à sociedade, não apenas à nosso bolso. :)

    Abraços!

  11. Recusar a análise é um direito dele,é. O problemas é que fazer isso em relação a provar que os seus milagres são autênticos, não é boa politica… :D
    Afinal, é assim que se mostra que uma invenção funciona. Provando que funcionam sem fraudes…Mas suponho que essa regra simples e essencial não se aplica a mlagres.. :D
    Também dá jeito recusar quando se julgam crimes, como pederastia ;)
    Karma? Bom, se existisse então porque é que no seu país (India ou Brasil, ou qualquer outro) não há lá muitos politicos e exploradores do povo e assassinos (alguns do lado da lei) a serem presos ou mortos? Morte natural em liberdade cheios de dinheiro é a regra geral. (P.C. Farias é uma excepção XD). E as crianças que vivem na miseria ou sofrem crimes como violação e morte? Karma? Deve ser, pois devem ser resultado das boas ou as acções das vidas anteriores, que por acaso elas não se lembram minimamente. Bela maneira de manter as pessoas mais submissas e incapazes de rejeitar injustiças e mudar as suas vidas. Nossa consciência é nossa juíza, mas nada e nem ninguém. Pois, isso não tem feito grande coisa, a julgar pelo sofrimento neste mundo… Nem em Baba quando ele andou a descer as calças daqueles rapazes. :D
    Consciência só faz efeito em boas pessoas e o estado deste mundo mostra que elas não são assim tantas…
    Os ateus Bill Gates e Ted Turner são mais ricos que Baba e gastaram mais dinheiro com os pobres que o teu “afro”. Porque é que não são “deuses”? “Sai Baba tem muuuuuito dinheiro e distribuiu parte desse dinheiro etc.”»? Eles também… E fizeram isso sem orações… Há muuuuuitos hospitais construidos por pessoas que admitem não ser divinas… Hospitais modernos construidos por meros mortais são a regra geral.
    A sra. não disse que ele é um deus? Ele é que disse isso, sra. inocente!
    Vaticano… Vai queixar-se das suas injustiças a um católico, se faz favor.Porque não menciona o egoismo dos ayatollas? Também não sou maometano!
    A sra. pensa mesmo que um homem que envelhece e que não cura doenças nem ressucita os mortos e no entanto diz ser um deus, é mais confiável do que inumeros cientistas e ex-trouxas, digo, ex-crentes ;) que o denunciaram?
    Pensa que o maior estúpido é aquele que fere o semelhante, e não aquele que é ferido? Na realidade, o mais estu+pido é aquele que é ferido e julga que nãso lhe estaá acontecer nada de mal ou defende quem fere os outros. Isso é que é verdadeira estupidez… Stalin matou muita gente e morreu naturalmente como o homem mais poderoso do mundo. Ele é o maior estúpido?m Ou seriam então os marxistas que se recusam acreditar que ele era um monstro, incluindo aqueles que foram presos/torturados e continuaram a acreditar que a culpa não era dele? Quem engana pode ser cruel, mas quem é estupido é quem se recusa a admitir que foi enganado.
    Bom, pelo menos ele nunca violou rapazes… De resto, comparei Baba aos nazis porque eles se aproveitaram da credulidade dos outros para se tornarem poderosos.
    Ressuscitamento de mortos é um bocado importante, sra., pois os hospitais estão cheios de pacientes que morrem. É que os médicos não fazem milagres e o seu Baba diz que faz. :D
    O pobre Cristo deve estar triste por uma crente como a Sra. defender uma religião politeísta, o que é contra os seus ensinamentos.. :P Afinal, não era o filho do Deus ÚNICO? Que eu saiba há muitos deuses hindus.;)
    Ter a mente aberta sem espirito critico faz com que o cérebro saia pela abertura… XD

  12. Já me esquecia…
    Assumindo que Cristo era mesmo o Filho do Deus Único… Quando acusaram trasputin de ser um mulherengo adultero e bêbado, disseram “Também Cristo foi caluniado”. Pena que que Rasputin fosse mesmo culpado das acusações… Além de ter sido um mau conselheiro para o Czar russo a a sua mulher (que acreditabva cegamente nele). Comparar um líder religioso com Cristo é pois uma falácia. São precisa provas…

  13. Ha 85 anos Sai Baba, faz exatamente as mesmas coisas. Usa a mesma roupa, come pouquissimo, Não faz viagens, De fato saiu da India UMA só vez, e foi a ter com o então presidente da Uganda, o ditador Idi Amin para pedir ao ditador que parasse com a violencia e para salvar os milhares de Indus Britanicos que lá estavam para colonizar o país. Os carros? Ele nunca os dirigiu, são presentes dos vários donos de concessionárias, seus devotos, de fato, nunca comprou um carro se quer. Quem com tamanha riquesa não a gosaria de maneira opulenta?
    Sai Baba dorme em um pequeno quarto com uma cadeira e uma cômoda onde guarda seu suposto “vasto” guarda-roupas de “Grife” (assim fazem os bilionários). Quem o viu nesses 85 anos fora de seu robe Laranja ou branco (somente no Natal quando celebra o nascimento de Jesus) e bordô para a celebração de formatura de seus estudantes?
    Ele se auto promove?? Ou não serão os inumeros curiosos mediaticos que vão lá em seu Ashram para tudo menos busca de auto-conhecimento e espiritualidade?
    O que explica milhões de devotos das mais variadas classes e posições socio-politico-cultural e religiosa?
    Encontrei devotos freiras, padres, bispos, arcebispos e cardeais de fé cristã. Lá encontrei rabinos, inumeros judeus do mundo inteiro, mas tambem muçulmanos de várias denominações Islãs. Presidentes de várias repúblicas e países. Pessoas do mundo dos espetáculos, mas tambem reis, rainhas, principes e princesas.
    Onde está a explicação, quando essas pessoas prostam suas mãos e toquem seus pés quando lhes é dada a graça para esse privilégio?
    O que faría voce diante da encarnação do divino aqui na terra. Os judeus e os cristãos esperam o Messias, os Islamitas o profeta. E como querem que Ele apareça, nas nuvens?? Gigante?? Quantos corações literalmente aguentariam ver um ser gigantesco descer sobre nosso planeta (todo olho verá) e se vissem no norte, como o viriam no sul??
    Por isso Deus tomou forma humana e o messias para muitos já esta aqui ha 85 anos. E enquanto muitos discutem estupidagens da mente humana, esse ser divino está envelhecendo e logo partirá da face da terra por outros milenios e voce perdeu essa oportunidade duvidando como Thomaz.
    Abram seus corações e aceitem o amor, assim como ele é. Baba diz que Deus é onipresente, onisciente e assim, é presente em todos os átomos do universo. Ele diz que aquela é somente uma de suas inumeras formas, sendo essa para nós podermos relacionarmos com o divino. Deus na verdade está em todas as formas. Alguem mencionou sobre Deus envelhecer. Por acaso Jesus não envelheceu? Ele não nasceu pequenino e cresceu assim envelhecendo? Ou acha que ele sempre teve esse rosto das folhinhas e dos quadros que se vê hoje?
    Sejam abertos para a possibilidade de termos a sorte de estar vivos no mesmo tempo em que Deus pisa na mesma terra em que pisamos. Quem sabe já não estaríamos mais aqui, ou este planeta ja estaria destruido por nós mesmos se não fosse pela presença de Deus hoje aqui conosco.
    Leiam no google o que Sai Baba diz a respeito de 2012.

    Paz

  14. Quem com tamanha riquesa não a gostaria de maneira opulenta? Resposta fraquissima. Um deus capaz de milagres não seria capaz de viver uma vida espiritual e prover as suas necessidades por meio de milagres em vez de materialismo digno de mortais? Não seria Cristo capaz de transformar pedras em pão? Baba parece incapaz de se sustentar sem a sua gigantesca fortuna…
    Se Baba gosta de viver de maneira opulenta então ele não me parece lá muito desinteressado…
    Ele não dirigiu os carros? hahaha Os motoristas é k os dirigiram.
    Tal como um rico materialista qualquer pouco interessado em espiritualidades…
    Presentes de poderosos? Podia provar se faz favor? E julga k os combustíveis, reparação, manutenção de carros caríssimos é barata/gratuita? Tb essas despesas foram pagas por meio de presentes? E porque é k o “afro” não fica com apenas um em vez de vários? Um bocado apreciador do luxo, hã?
    Claro k se auto-promove!!! Como é k julga k é tão famoso num mundo cheio de gurus e pregadores de todos os tipos k dizem mensagens de amor e paz semelhantes?
    O que explica milhões de devotos das mais variadas classes e posições socio-politico-cultural e religiosa? Simples, sas pessoas são crédulas quando ouvem coisas que gostam. Ou vai-me dizer quer o comunismo, fascismo e fundamentalismo islamico são verdadeiros porque têm milhões de devotos das + variadas origens? Assim como a crença de k a terra era plana no passado? Ou a antiga crença de k o tabaco não fazia mal à saúde? Milhões de pessoas podem se enganar ou serem enganadas. Ideias muito populares não são necessariamente verdadeiras…
    Jesus não era gigante mas podia ressuscitar mortos e curar doentes e moises dividiu o mar vermelho, de acordo com a biblia…
    O teu baba não é capaz de fazer isso. Só de fazer aparecer cinzas na mão e ovos dourados na boca, como 1 bom ilusionista pode fazer facilmente.
    Jesus ressuscitou… Jesus nunca morreu de velhice já k foi para o céu… Não aconteceu nada disso com baba. Ou espera k ele ressuscite 3 dias depois de morrer?… :D
    E como 1 papagaio repetiu as mesmas coisas sobre cristo sem responder a esta pergunta: porque é que usa O cristianismo para defender um guru politeísta já que a bíblia abomina politeísmo?
    A única opurtunidade k perdi foi a de gastar o meu dinheiro para pagar as contas da gasolina de vários BMW & cia., e de ser enrabado por uma fraude. Cristo por acaso recebeu presentes caríssimos e usava-os como baba? Foi acusado de crimes sexuais pelos seus antigos seguidores desiludidos? Compara Cristo a baba é como equivaler Mandela e Idi Amin.
    “Estupidagens” é 1 palavra k não existe: tenha aulas de gramática bem como de lógica.
    Só lhe respondo agora porque baba está a morrer como 1 reles mortal, coisa indigna de um deus…
    Graça e privilégio tocar nos seus pés malcheirosos? Que “deus” convencido.. O seu nome devia ser escravo ultrasubmisso e não “irmão”.

  15. :) Olá Pedro, vc gosta mesmo dos debates aqui nesse post! hehehe
    Boa Páscoa pra ti! :)

  16. O Baba dizia que todos nos somos deuses. A diferença entre nos eh que eu já descobri. A troca de idéias eh importante e ajuda-nos a raciocinar. Mas eh preciso respeitar as opiniões contrárias e nAo usar palavras que possam escandalizar. Nossa língua possui muitas palavras cultas para que possamos substituir as de baixo calão. as expressões chulas, só falam de nossas fraquezas, intimidades e pouca educação.

  17. Nem mesmo perdi tempo de ler todos os comentários, bons ou ruins, acusadores ou de defesa. Mas basta olhar para cara dele para perceber-se um grande farsante. Primeiro: se ele não tinha nada a esconder porque nunca se prontificou a provar suas materializações. Hoje em dia vê-se mágicos-ilusionistas fazerem truques tão fantásticos que nos deixam sem fôlego.Mais provável que ele tenha sido um bom mágicos, aliás, o que não falta na Índia são gurus enganadores que com seus truques enganam o povo. Segundo: Esta coisa de dizer que apesar dos erros cometidos contribuiu para o bem de alguém é pura balela. Denominar-se um Deus? Quanta prepotência. Ademais, podem ter havido curas de pessoas? Claro que sim. Porém estas curas independem do guru, do santo, do profeta que se manifesta. Jesus Cristo em seus ensinamentos disse que: “se tiveres fé do tamanho de um grão de mostarda, poderá dizer a este monte, arranca-te daí e lança-se ao mar e ele obedecerá”. Portanto a cura depende de dois aspectos inabaláveis: fé verdadeira e acima de tudo merecimento por parte da pessoa de receber a cura, pois em várias oportunidades o ser humano passa por sofrimentos por precisar deles, por eles serem aquilo que realmente vai ajudá-los na sua evolução espiritual. É a lei do carma. Resumindo tudo: Quem é realmente puro e bom e quer fazer o bem aos outros não alardeia, não faz questão de aparecer na mídia, não anda em carro importado, não possui dinheiro em banco, nem casas espalhadas por toda parte. Quer maior beneméritos da humanidade como MADRE TERESA DE CALCUTÁ, IRMÃ DULCE, CHICO XAVIER e vários outros anônimos de que não termos conhecimento? Não possuiam nada de seu, eram humildes, nunca se denominaram deuses. Esses sim merecem o respeito de todo mundo.
    O que é triste e realmente patético é como as pessoas se iludem e se deixam enganar com tanta facilidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s