Jóia do Senhor


Obrigada, Senhor!
Pelas dores pungentes da alma
Por me pegares nas mãos
E qual joalheiro Imaculado
Lapidar-me o Espírito
Afim de reluzir em mim
A Luz do Pai que ensinaste-nos a amar!

Obrigada, Senhor!
Pelos sofrimentos sem nome
Quando no silêncio das noites escuras
Olhava-me profundamente nos olhos
Enquanto quebrava-se meu coração
Afim de buscar e encontrar
Aquele lugar mais delicado de mim!

Obrigada, Senhor!
Pelos golpes sem trégua
Quando procuravas-me entre as pedras
Nas minas escuras da ilusão
E vendo-me quedar no chão
Recolhia-me para Tua Casa!

Obrigada, Senhor!
Por teres achado que da pedra bruta que sou
Poderia surgir um dia, uma bela jóia
Por teres retirado um pouco da aspereza
Afim de veres brilhar pela primeira vez
Um rasgo minúsculo de beleza!

Obrigada, Senhor!
Por colocar-me em suas mãos Augustas
Depositar-me no Teu Sagrado Tesouro
Acreditando que um dia, mais além
Sob o amparo de Sua Arte de Amar
Eu poderei me tornar uma Jóia Tua!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s