Desafios do Amor


jesus

Amar é sempre um desafio doloroso, e não é por menos que tanta gente foge desse sentimento tão intenso e tão complexo. Entrar em contato profundo com outra alma nos trás um prazer iniqualável, mas ao mesmo tempo nos faz visitar locais na nossa alma que não desejamos visitar.

Quando alguém, dotado de um poder inexplicável, consegue adentrar as portas das defesas e das couraças de proteção emocional que engendramos para proteger do sofrimento a nossa capacidade de amar, e se instala no nosso coração, inevitavelmente começam os desafios. Não temos tempo de analisar, de nos prepararmos, porque o amor sempre chega sem aviso prévio.

O que antes era escuro e aparentemente deserto, se enche de luzes e nos mostra que não era deserto. Havia alí, escondido na alma, muito caos que se mostra como sentimentos confusos, mal resolvidos, cicatrizes que ainda sangram, necessidades ignoradas… Nos vemos obrigados a olhar para tudo aquilo, com uma luz que nos ofusca e confunde. Não conseguimos analisar, só sentir a luz entrando, acabando com as sombras, deixando à mostra todas as nossas fragilidades.

Amar, me disseram uma vez, é estar diante de alguém sem defesas, sem reservas, com todas as fragilidades à tona. É ter a alma desnuda e vulnerável. Causa pavor…

Mas depois de um tempo, aprendemos que não podemos fugir para sempre de Deus… Um dia temos que assumir nossa capacidade de amar e enfrentar os desafios que isso trás. É a maturidade que chega e nos convida a crescer. Precisamos arrumar as confusões feitas pelas nossas necessidades e ilusões. Precisamos enfrentar os desafios do amor, o sofrimento inevitável que ele causa ao nosso ego, sempre tão orgulhoso e egoísta!

Amar incondicionalmente sem dúvidas é o maior de todos os desafios do amor. Amar sem esperar nada em troca, sem desejar nem mesmo ser correspondido, sem esperar que nosso afeto irá corresponder nossas expectativas até mesmo sobre o bem estar dele próprio. Amar com toda a força da alma, mas ainda assim mantendo a distância emocional necessária para amar e ser útil, para amar sem permitir que nosso ego prejudique quem amamos. Amar e ser capaz de lidar com as defesas do nosso ser amado. Defesas essas que nos afastam, quando gostaríamos de estarmos próximos. Defesas que rejeitam nosso amor mais sincero. Defesas que desprezam nossa presença, que se mostram indiferentes ao fato de existirmos no mundo.

Lidar com tantas defesas sem defender-se de volta é realmente muito desafiador.

Sim, nos defender é quase uma necessidade em alguns momentos. Porque antes, quando tentamos amar, sofremos muito, então para nos proteger de “cair na cilada do amor” outra vez, queremos esquecer tudo, queremos esquecer de quem somos, de onde pertencemos, e nos preparamos com todo arsenal possível para nos defender de possíveis ataques à nossa paz. Enregelamos o coração e o envolvemos com uma couraça resistente até àqueles que antes nos tocavam tão intesamente. Construímos uma indiferença segura e que aparentemente trás toda a paz do mundo para nós. Viver sem sentir nada? Nada melhor que isso, pensamos.

Mas então Deus mostra seu poder sobre nossa alma infantil, teimosa e assustada. Um dia, quando menos esperamos, as defesas são ultrapassadas com toda a facilidade, mostrando como somos um nada diante dessa força da natureza que chamamos de amor. O gelo derrete rapidamente, enquanto tentamos entender o que está acontecendo. A couraça se destrói e todas as feridas ficam à mostra.

Temos a opção de reconstruir todo nosso arsanal outra vez e seguir fugindo ou temos a opção de enfrentar os desafios, por mais doloridos que sejam e aproveitar a oportunidade de amadurecimento, de crescimento, de cura e de saúde espiritual. Uma decisão que parece tão simples, tão fácil, tão óbvia, mas que na prática é tão, tão difícil e complexa…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s